MÃE!!!

MÃE!!!
Ela era uma Rosa

A vida não pára!

Paciência

Lenine

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para...

A vida não para...

http://www.youtube.com/watch?v=sXmWAOIWg3w


















Páginas

sábado, 14 de fevereiro de 2015

UIVO NOTURNO

HOJE QUANDO ACORDEI E VI VAZIO SEU LUGAR FOI QUE PERCEBIA A PERDA QUE EU DEVIA SUPORTAR. O CHEIRO, A ROUPA, A CAMA, O RISO, O GRITO, A ALEGRIA, A VOZ QUE A GENTE INDA OUVE E O CALOR DA COMPANHIA... MAS SABE O QUE MAIS ME DÓI E FAZ CHORAR SEM TER FIM? É VER TEU CACHORRO ESPERAR NO PORTÃO JUNTO DE MIM... A DOR DELE É TÃO PROFUNDA E ELE UIVA TÃO DOÍDO PARECE QUE ELE ENTENDE QUE VOCÊ TENHA PARTIDO... TODA TARDE ELE SE ACHEGA AO PORTÃO, ARRANHA, CHORA, DEPOIS SE DEITA, SE ENROLA, CHEIRA O CHÃO E VAI EMBORA. E QUANDO VEM, COITADINHO, É PORQUE ENTÃO CHEGUEI. ME SEGUE BEM DE MANSINHO, ENTENDE QUANTO TE AMEI. SOZINHOS NA CASA VAZIA SINTO FALTA E SAUDADE RECLAMO, BLASFEMO, MALDIGO A HORA DAQUELA MALDADE. MAS AQUI DENTRO DO PEITO UMA ESPERANÇA BROTOU: VOU TE ENCONTRAR DE ALGUM JEITO, AÍ ONDE DEUS TE LEVOU...

Nenhum comentário:

Postar um comentário