MÃE!!!

MÃE!!!
Ela era uma Rosa

A vida não pára!

Paciência

Lenine

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para...

A vida não para...

http://www.youtube.com/watch?v=sXmWAOIWg3w


















Páginas

sábado, 8 de setembro de 2012

Águia Pequena

O que digo dos meus filhos: Águia Pequena - Padre Zezinho Tu me fizeste uma das tuas criaturas Com ânsia de amar Águia pequena que nasceu para as alturas Com ânsia de voar Tu os fizeste entre as tuas criaturas, com ânsia de amar... Águias pequenas, que nasceram para as alturas, com ânsia de voar... E eu percebi que as minhas penas já cresceram E que eu preciso abrir as asas e tentar Se eu não tentar não saberei como se voa Não foi a toa que eu nasci para voar. E eu percebi que suas penas já cresceram e que eu preciso abrir meus braços e deixá-los tentar... Se não tentarem, não saberão como se voa... Não foi à toa que nasceram prá voar! Pequenas águias correm risco quando voam Mas devem arriscar Só que é preciso olhar os pais como eles voam E aperfeiçoar Pequenas águias correm risco quando voam, mas precisam arriscar. Só é preciso olhar os pais como voam e aperfeiçoar... Haja mau tempo haja correntes traiçoeiras Se já tem asas seu destino é voar Tem que sair e regressar ao mesmo ninho E outro dia, outra vez recomeçar. Haja mau tempo, haja correntes traiçoeiras, se eles têm asas, seu destino é voar. Têm que sair, regressar ao ninho e outro dia, outra vez, recomeçar... Tu me fizeste amar o risco das alturas Com ânsia de chegar E embora eu seja como as outras criaturas Não sei me rebaixar Tu os fizeste amar o risco das alturas, com ânsia de chegar. Embora eles sejam como as outras criaturas, não sabem se rebaixar... Não vou brincar de não ter sonhos se eu os tenho Sou da montanha e na montanha eu vou ficar Igual meus pais vou construir também meu ninho Mas não sou águia se lá em cima eu não morar. Não vão brincar de não ter sonhos, se os têm; são da montanha e na montanha vão ficar. Iguais aos pais, vão construir seus ninhos mas não serão águias se lá em cima não morar... Tenho uma prece que eu repito suplicante Por mim e por meus filhos: Dá-nos a graça de viver a todo instante A verdadeira vocação Amarão um outro alguém do jeito certo; Não vão trair seus ideais pra ser feliz Não vão descer nem jogar fora o Teu projeto Vão ser quem são e ser feliz. http://www.vagalume.com.br/padre-zezinho/aguia-pequena.html#ixzz25ty2j3mc

Nenhum comentário:

Postar um comentário